A cor da camisola

SCROLL

És tuga? Tens a certeza? Deves estar a sonhar, não tens pinta nenhuma de ser tuga. Tu tens mesmo é cara de macaio. E já sabes, aqui os macaios não entram. Escusas de tentar. Nem penses. Olha que eu hoje não estou com paciência, por isso desaparece! Hey, tu aí ao lado, és tuga ou és macaio?


À entrada da Discoteca dos Tugas:
– És tuga ou és macaio? – o Segurança tinha mais meio metro do que toda a gente.
– Sou tuga. – É preciso fazer um ar sério e sorrir, mas não se pode rir assim sem mais nem menos. Senão ele acha que estamos a gozar e o minuto seguinte pode correr muito mal.
– Podes entrar. Tu aí és tuga ou macaio?
– Sou tuga.
– És tuga? Tens a certeza? Hmmm, não tens nada cara de tuga.
– Mas sou tuga, a sério, sou mesmo tuga, nasci lá e tudo. Vá deixa-me entrar que a minha miúda está lá dentro à minha espera.
– Quero lá saber da tua miúda, a esta hora já deve estar com um monte de outros gajos. És TUGA ou és MACAIO?
– Bem, sou um bocadinho macaio, mas nada por aí além.
– Então não entras! – A seguir a isto não havia hipótese. Mas tentava-se sempre.
– Sou também um bocado chinês. Mais chinês que macaio. Na verdade até não sou nada macaio. Sou todo chinês? Chinês, estás a ouvir? – E com isto tenta sempre fazer-se outra cara, pelo menos é o que dizem.
– Chinês? E achas que por seres chinês eu te deixo entrar? Aqui só entram tugas. Não és tuga, não entras! Já devias saber isso.
– Vá lá! Sou chinês, todo chinês, de uma ponta à outra. Tugas, macaios? Não me importam mesmo nada. Sou chinês e a minha pátria é a China. É a minha mãe! E conheço muita gente. Estás ouvir: “conheço muita gente!”
– Conheces? E por acaso conheces o Papa?
– O Papa?! Não, não conheço!
– Então não entras. E mesmo que conhecesses o Papa também não entravas, nem que ele andasse com a tua mãe. Porque aqui…
– Já sei, “só entram tugas”! E tu, já agora, és o quê? Também não tens nada ar de Tuga! És preto? – Às vezes, nunca se sabe, pode sempre apanhar-se o Segurança em falso e ele abre a porta.
– Eu? Não tens olhos? Precisas de uns óculos? Eu sou do Sri Lanka! – “Uau, Sri Lanka”, é o que se pode pensar a seguir.
– Pois. Não podia adivinhar. E deixam-te entrar, a ti?
– Pisga-te, meu. Quem faz aqui as perguntas sou eu. Estou quase a acabar o meu turno e ainda vou lá dentro ver se a tua namorada precisa de companhia. Tu aí atrás, com cara de parvo, és tuga ou és macaio?

Pin It on Pinterest