(Português) Macau, o leãozinho moribundo

(Português) Eu cá dava tudo para ver uma coisa qualquer, com um palco a pingar suor e música a valer. Mas eu sou esquisito e não vou em qualquer cantiga. E olho para o lado e penso, estou doente, terei algum problema? Sou só eu? Sim, ao lado não vejo ninguém.

Lições de Fotografia I

Isto é tudo teoria, porque a prática é bem diferente. E quando se tem de fotografar uma corrida em que os homens usam os animais, em que o que a rodeia é um charco de lama, já se sabe onde vamos parar.

A minha lista

(Português) Faltam pessoas que não falem nem chinês nem português. Que originem na sala de reuniões o bizarro enleio da tradução, mas que vivem em Macau e têm o gosto e a visão do outro lado da montanha.

A autoridade da concorrência

I want to start this page telling why I come. Just on the simple idea of revealing. Igniting the lighter and let the flame blow. There’s no canopy of trees. And the crickets are gone. But however small is the light. For more scarce is the essence of thinking. There is always a start at the bottom. An origin.

Almoço de recados

(Português) Uma personagem de um tempo antigo, este moço de recados. Dizia coisas da boca para fora. Aviava os outros mas mal fazia o que lhe mandavam. Tinha veneno na guelra e seguia sempre pelo seu caminho, sem deixar de olhar para um lado ou para o outro, sempre que uma barreira lhe ocupava a progressão. E assim se foi fazendo.

Pin It on Pinterest