Retratos da vida de um homem armado

Os pormenores são irrelevantes. A encomenda chega a casa sem qualquer nome e sem remetente. Traz a arma, o dinheiro, o local e a hora onde tudo vai acontecer. Só isso. Mais nada. Parece que foi alguém que a trouxe? Não, não foi. Não foi ninguém. Apareceu ali e faz-se o que se tem a fazer.